Chalotas caramelizadas

Esta receita vegetariana de chalotas caramelizadas combina muito bem com frutos secos torrados ou guisados de lentilhas, mas também sabe muito bem acompanhado de outros legumes guisados ou assados, como pedaços de abóbora. Pode também optar por uma variante com castanhas, basta para isso cozinhar as chalotas mas acrescentar também cerca de 250 de castanhas parcialmente cozidas antes de adicionar o caldo de legumes. Depois basta cozinhar tudo junto durante cerca de 8 minutos.

Alho-francês guisado com cenouras

O doce das cenouras e o alho-francês combinam muito bem neste prato de alho-francês guisado com cenouras, principalmente acompanhados com um pouco de hortelã, cerefólio ou salsa fresca picada. É uma acompanhamento perfeito para uma receita de tofu com malaguetas ou o mais incomum kafta vegetariano. Com alho-francês e cenoura este prato é um acompanhamento nutritivo e saudável, além disso pouco calórico.

Espinafres com passas e pinhões

O espinafre macio beneficia de um toque doce, como o demonstra este prato espanhol delicioso de espinafres com passas e pinhões. É um acompanhamento delicioso para servir em conjunto com uma receita vegetariana de legumes assados ou mesmo com kabobs kofta. Dominada pelos espinafres esta receita vegetariana é além de muito saborosa altamente nutritiva, com alto teor de ferro, vitamina A, magnésio, vitamina C entre outras. Os espinafres são amigos dos olhos, ajudam na redução do colesterol e contém também propriedades antioxidantes.

Funcho no forno com crosta de miolo de pão

Este funcho no forno com um aroma delicado a erva-doce do funcho assado pode ser servido como um excelente acompanhamento para pratos vegetarianos de massa e risottos, como por exemplo esta deliciosa receita de risotto em conchas ou o risotto verde. Alem do seu delicioso sabor, o funcho é também conhecido pelas suas propriedades medicinais ajudado em casos de cólicas e má digestão. Com apenas 31kcal por cada 100g o funcho é pouco calórico e muito nutritivo onde se destaca o potássio e a fibra.

Batatas lyonnaises

As batatas lyonnaises são uma receita francesa clássica, onde rodelas de batata são cozinhadas com cebola para fazer um acompanhamento delicioso para um prato principal vegetariano. Durante a preparação desta receita de batatas lyonnaises se as batatas escurecerem ligeiramente enquanto estão a ferver, junte uma colher de sumo de limão à água da cozedura. Estas batatas lyonnaises são deliciosas a acompanhar uma receita de beringelas recheadas, ou pode experimentar a acompanhar também uns invulgares folhados de cogumelos.

Preparação: 10 minutos | Tempo de cozedura: 25 minutos

Batatas de Bombaim

Embora as batatas de Bombaim sejam uma receita quase desconhecido na Índia, este prato é muito popular nas ementas dos restaurantes indianos em outras partes do mundo. Esta receita de batatas de Bombaim é preparada com ghee, açafrão-da-índia, polpa de tomate e iogurte natural, além de panch poran que é uma mistura de especiarias e pode ser comprada em lojas asiáticas ou indianas ou feita por si a partir de quantidades iguais de sementes de cominho, sementes de funcho, sementes de mostarda, sementes de nigela e sementes de fenogrego. As batatas de Bombaim são um delicioso acompanhamento para os folhados de cogumelos.

Preparação: 5 minutos | Tempo de cozedura: 1h e 10 minutos

Quiabo com caril

Este quiabo com caril tal como o nome indica é confecionado com quiabo que é também conhecido como bhindi, é um dos vegetais preferidos pelos Indianos. O quiabo vende-se em muitos dos grandes supermercados em todo o mundo. Na confeção do quiabo com caril se preferir, corte o quiabo em anéis, junte à mistura e cozinhe, tapado, até estar tenro mas estaladiço, mexendo ocasionalmente. Quando comprar quiabos frescos, veja se as vagens não estão murchas nem têm manchas castanhas, para garantir a melhor qualidade dos quiabos no seu cozinhado. Pode servir esta deliciosa receita Indiana a acompanhar as kabobs Turcas ou porque não umas salsichas vegetarianas?

Preparação: 10 minutos | Tempo de cozedura: 20 minutos

Dauphinois de batata

Este acompanhamento vegetariano, dauphinois de batata é um prato clássico composto por camadas de batata, natas, alho, cebola e queijo. Sirva o dauphinois com tartes, assados e estufados. Existem muitas versões deste prato clássico de batata, que é um prato originário de Dauphiné uma zona que fica na fronteira entre França e Itália, mas as receitas por muito diferentes que sejam contêm quase sempre natas espessas, tornando-o um acompanhamento rico e que nos deixa inteiramente saciados. O dauphinois de batata deve ser feito numa assadeira com pouca profundidade para que a cobertura estaladiça seja abundante. Este é um prato delicioso acompanhado com uma salada vegetariana fria.

Preparação: 25 minutos | Tempo de cozedura: 1h e 30 minutos

Batatas com cebola e ervas

As batatas fritas são um clássico, amadas por milhares de pessoas em todo o mundo, são talvez o alimento salgado mais desejado. Neste prato de batatas com cebola e ervas é lhe conferido um sabor adicional fritando-as em manteiga com cebola, alho e ervas, o que faz destas batatas uma alternativa (tal como as batatas grelhadas com alho) mais saudável às tradicionais batatas fritas. Na confeção destas batatas com cebola e ervas esteja sempre atento às batatas, mexendo-as ao longo do tempo de cozedura para que não se queimem nem se agarrem ao fundo da frigideira. São um acompanhamento delicioso para uma receita de tofu ou legumes.

Preparação: 10 minutos | Tempo de cozedura: 50 minutos

Batatas à Espanhola

As batatas à Espanhola são um tipo de prato normalmente servido como parte de um conjunto de tapas espanholas (entradas) e é delicioso com uma salada vegetariana ou simplesmente como um prato principal simples. Por norma em Espanha, as tapas são servidas acompanhadas com xerez gelado ou outra bebida alcoólica de eleição. Mas estas batatas à Espanhola são um acompanhamento delicioso para pratos de tofu, bem como saladas, é um prato flexível e bastante apetitoso. Se a sua opção recair para a salada vegetariana para acompanhar esta receita, sugiro uma salada grelhada, se bem que vale sempre a pena experimentar com uma deliciosa torta de espinafres.

Preparação: 25 minutos | Tempo de cozedura: 40 minutos